NotíciasFGTS

Este grupo de trabalhadores podem sacar HOJE um bônus RECHEADO no app da Caixa; Veja como garantir

Esta nova modalidade oferece maior flexibilidade no uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e está disponível para quem se enquadra em determinadas condições. Saiba como garantir o seu bônus e quais são as vantagens dessa opção, sem comprometer sua segurança financeira e aproveitando ao máximo seus benefícios.

Desde segunda-feira (3), os trabalhadores nascidos em junho já podem solicitar o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Eles têm até 30 de agosto para fazer a solicitação.

Se o trabalhador não solicitar o benefício até essa data, perderá a chance de acessar esses recursos antecipadamente.

Este grupo de trabalhadores podem sacar HOJE um bônus RECHEADO no app da Caixa; Veja como garantir | Imagem de Jeane de Oliveira – guiadobeneficio.com.br

Este grupo de trabalhadores podem sacar HOJE um bônus RECHEADO no app da Caixa; Veja como garantir

O saque-aniversário é uma modalidade do FGTS que permite ao trabalhador retirar uma parte do saldo do fundo uma vez por ano, no mês de seu aniversário.

Ao optar por essa modalidade, o trabalhador pode contar com um dinheiro extra anualmente, o que pode ser útil em várias situações, como para quitar dívidas ou fazer um investimento. 

Se o trabalhador optar por esse saque e for demitido, terá acesso apenas à multa de 40% paga pela empresa. Se não aderir ao saque-aniversário, ele permanece no modelo tradicional de saque-rescisão. 

Importante lembrar que, em ambas as modalidades, o trabalhador ainda pode usar o FGTS para financiar a casa própria, em situações de doenças graves, aposentadoria ou falecimento.

Como realizar o saque?

Para sacar a quantia disponível na conta do FGTS, o trabalhador pode utilizar o aplicativo FGTS, que está disponível para download nas plataformas Android e iOS. 

Ao acessar o aplicativo, o trabalhador pode consultar os valores disponíveis e indicar uma conta bancária de qualquer instituição para receber o dinheiro, sem qualquer custo adicional. Após a solicitação, o valor será transferido para a conta indicada em até 5 dias úteis.

Se o trabalhador preferir, também há a opção de realizar o saque pessoalmente em uma agência da Caixa Econômica Federal. Nesse caso, é necessário que o próprio titular da conta compareça à agência, pois o saque não pode ser realizado por terceiros. 

Esse atendimento pessoal pode ser uma alternativa para aqueles que têm dificuldades com o uso de aplicativos ou preferem o atendimento presencial.

Quais documentos eu preciso para realizar o saque pelo aplicativo? E pessoalmente?

Para realizar o saque pelo aplicativo FGTS, não é necessário apresentar documentos físicos. No primeiro acesso, o trabalhador deve preencher os dados solicitados, como nome, data de nascimento e CPF, entre outros. 

Além disso, é preciso criar uma senha de seis dígitos e concordar com os termos de uso para completar o processo de registro e solicitação.

Para fazer o saque pessoalmente em uma agência da Caixa, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, como RG ou CNH, e o número do CPF. 

Recomenda-se que o trabalhador leve um comprovante de residência e o número do PIS/PASEP para facilitar o atendimento e agilizar o processo. 

Esses documentos garantem que o saque seja feito de forma segura e que o trabalhador receba o valor a que tem direito sem complicações.

Calendário do saque-aniversário FGTS dos próximos meses de 2024

Os beneficiários dos próximos meses devem se atentar seguintes datas do saque-aniversário:

  • Julho: 1º de julho a 30 de setembro
  • Agosto: 1º de agosto a 31 de outubro
  • Setembro: 2 de setembro a 30 de novembro
  • Outubro: 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Novembro: 1º de novembro a 31 de janeiro
  • Dezembro: 2 de dezembro a 28 de fevereiro

Vale a pena o consignado do FGTS?

O crédito consignado do FGTS pode ser uma opção interessante, mas é importante analisar suas vantagens e desvantagens antes de decidir.

Vantagens:

  1. Taxas de Juros Menores: Geralmente, tem taxas de juros mais baixas do que outros tipos de empréstimos.
  2. Desconto Automático: As parcelas são descontadas diretamente do saldo do FGTS, facilitando o pagamento e reduzindo o risco de inadimplência.
  3. Acesso Rápido a Recursos: Permite acesso a recursos do FGTS sem precisar esperar as condições normais de saque.

Desvantagens:

  1. Redução do Saldo FGTS: O valor retirado pode reduzir o saldo disponível para outras finalidades, como compra de imóvel ou aposentadoria.
  2. Endividamento: Como qualquer empréstimo, há o risco de endividamento se não houver planejamento financeiro adequado.

Vale a pena se você precisa de um empréstimo com juros baixos e tem saldo suficiente no FGTS para cobrir as parcelas sem comprometer seus objetivos financeiros futuros. Avalie cuidadosamente sua capacidade de pagamento antes de optar por essa modalidade.

Confira também: Carteira de Trabalho Digital permite desbloqueio imediato do FGTS: Veja as novidades!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo