NotíciasINSS

Brasileiros que recebem do INSS saltam de alegria com PIX surpresa de R$ 706,00; Veja como garantir

O INSS já iniciou o pagamento da segunda parcela do 13º salário para beneficiários com NIS final 9, que recebem até um salário mínimo.

Para aqueles que ganham mais de um salário mínimo, o pagamento será realizado para os segurados com NIS final 4 e 9. No total, mais de 33 milhões de segurados deverão receber o benefício até o dia 7 de junho.

Este ano, a antecipação do 13º salário foi uma iniciativa do governo federal com o objetivo de injetar recursos na economia e oferecer um alívio financeiro aos segurados do INSS.

Tradicionalmente, o pagamento do 13º salário ocorre no final do ano. No entanto, nos últimos anos, tem sido antecipado como uma medida de estímulo econômico.

BENEFICIÁRIOS DO INSS RECEBEM A SEGUNDA PARCELA DO 13º SALÁRIO, MOVIMENTANDO A ECONOMIA E ALIVIANDO AS FINANÇAS PESSOAIS | Imagem de Jeane de Oliveira – guiadobeneficio.com.br

É possível consultar a disponibilidade do 13° salário?

Para consultar a disponibilidade do 13º salário do INSS, você pode utilizar várias opções. Uma delas é o portal Meu INSS, acessível através do site oficial do INSS. No portal, você deve fazer login com seu CPF e senha e, em seguida, acessar a seção de “Consulta de Benefícios”. Outra opção é o aplicativo Meu INSS, disponível para download em smartphones Android e iOS. 

Você pode ligar para o telefone 135, disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h. Ao ligar, tenha em mãos seu número de benefício e CPF para agilizar o atendimento.

O serviço é gratuito e oferece a possibilidade de falar diretamente com um atendente para esclarecer dúvidas sobre o 13º salário e outros benefícios. 

Existe a possibildiade do beneficiário se dirigir a uma agência física do INSS, porém é recomendado agendar um atendimento previamente, o que pode ser feito pelo portal Meu INSS ou pelo telefone 135.

No atendimento presencial, você deve levar um documento de identidade com foto e o número do benefício para realizar a consulta. Essas opções garantem que você tenha acesso fácil e rápido às informações sobre a disponibilidade do seu 13º salário.

Como receber o 13º salário do INSS em 2024?

Para receber o 13º salário do INSS, o beneficiário não precisa tomar nenhuma ação adicional, pois o valor é automaticamente creditado na mesma conta onde o benefício mensal é depositado. O pagamento segue um calendário específico, baseado no número final do benefício (excluindo o dígito). 

Se não houver conta bancária, o pagamento pode ser retirado na agência bancária indicada pelo INSS. Aqueles que recebem por cartão magnético podem sacar nos terminais de autoatendimento. Em caso de dúvidas ou problemas, é possível consultar o portal Meu INSS ou ligar para o telefone 135.

Qual o calendário dos próximos pagamentos do 13º salário?

O calendário de pagamento do 13º salário do INSS é organizado de acordo com o número final do benefício, excluindo-se o dígito. Essa organização facilita a distribuição e evita congestionamento no sistema bancário.

Pagamento 2ª parcela do 13º do INSS (até um salário)

  • NIS final 1: 24 de maio (pago)
  • NIS final 2: 27 de maio (pago)
  • NIS final 3: 28 de maio (pago)
  • NIS final 4: 29 de maio (pago)
  • NIS final 5: 31 de maio (pago)
  • NIS final 6: 3 de junho (pago)
  • NIS final 7: 4 de junho (pago)
  • NIS final 8: 5 de junho (pago)
  • NIS final 9: 6 de junho (pago)
  • NIS final 0: 7 de junho

Pagamento 2ª parcela do 13º do INSS (mais de um salário)

  • NIS final 1 e 6: 3 de junho (pago)
  • NIS final 2 e 7: 4 de junho (pago)
  • NIS final 3 e 8: 5 de junho (pago)
  • NIS final 4 e 9: 6 de junho (pago)
  • NIS final 5 e 0: 7 de junho

Como funciona o cálculo do 13° salário?

O cálculo do 13° salário é feito com base na remuneração do trabalhador e no tempo de serviço no ano. Ele é equivalente a um salário mensal, dividido em duas parcelas.

Para calcular, divide-se o salário integral por 12 e multiplica-se pelo número de meses trabalhados no ano.

Se o trabalhador atuou o ano inteiro, recebe um 13° salário completo. Caso tenha trabalhado menos tempo, recebe proporcionalmente aos meses trabalhados.

A primeira parcela deve ser paga entre fevereiro e novembro, e a segunda até 20 de dezembro, descontando-se INSS e Imposto de Renda, se aplicável. O cálculo também inclui médias de adicionais como horas extras e comissões, quando aplicável.

Afinal, é possível antecipar o 13° salário?

Sim, é possível antecipar o 13° salário em algumas situações. Diversos bancos oferecem a opção de antecipação do 13° como uma linha de crédito, permitindo ao trabalhador receber o valor antes da data oficial de pagamento.

Essa antecipação funciona como um empréstimo, onde o banco adianta o valor e o desconto é feito diretamente na folha de pagamento na data prevista para o pagamento do 13°.

É importante verificar as taxas de juros aplicadas e comparar com outras opções de crédito disponíveis para garantir que essa seja a melhor escolha financeira.

Além disso, é essencial estar ciente das condições contratuais e dos prazos para evitar surpresas desagradáveis.

Afinal, como funciona os bastidores do 13° salário?

O 13° salário é um benefício concedido aos trabalhadores formais no Brasil, previsto na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Ele é pago em duas parcelas: a primeira deve ser depositada entre fevereiro e novembro, e a segunda até o dia 20 de dezembro.

O valor é calculado com base no salário do trabalhador, dividido em doze meses. Cada mês trabalhado garante 1/12 do valor do 13° salário. Em caso de demissão, o empregado tem direito ao pagamento proporcional, exceto em casos de justa causa.

Este benefício visa proporcionar um incremento na renda do trabalhador no final do ano, ajudando nas despesas extras típicas do período festivo.

Confira também: INSS anuncia ANTECIPAÇÃO dos pagamentos para este grupo de brasileiros

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo